Tipos de Borrachas

Conhecidos os processos de trabalho a que se submete o cilindro: velocidade (rpm); dureza (Shore A); pressão superficial e condição do ambiente (seco ou molhado, ácido ou alcalino, de contato abrasivo ou de impacto), todas informações essenciais na precisão da formulação do tipo de borracha a aplicar-se no revestimento, determina-se a borracha apropriada para este.

Borracha Natural: Produto dos mais conhecidos no mercado, a borracha natural caracteriza-se principalmente pela alta resistência á abrasão e pela elasticidade, fatores que a tornam muitíssimo resistente ao rasgamento. No entanto não se presta à utilização de revestimento em peças que terão contato com agentes químicos, como solventes, óleos e ácidos.

Indicação Contra-Indicação
- Rolos tracionadores, puxadores - Não resiste a óleo e solventes
- Temperaturas de processo elevadas
Propriedades

Composição Dureza Coloração Temp. Máx Resist. à Abrasão Rasgamento Resist. a Ozone
Natural 25-95sh A Qualquer 80°C Boa Boa Ruim

Nitrílica (NBR): Borracha sintética apropriada para peças que exigem excelente resistência a derivados de petróleo, graxas, óleos e a alguns solventes, a nitrílica é muito utilizada nos rolos de impressão para indústria gráfica. É inadequada, no entanto, para peças sujeitas à exposição da luz solar, ao ozônio, ao contato com solventes à base de oxigenados (Ex.: cetonas) e a temperaturas médias.

Indicação Contra-Indicação
- Aplicação de tinta. - Sensível à abrasão e a temperaturas acima de 70°C.
Propriedades

Composição Dureza Coloração Temp. Máx Resist. à Abrasão Rasgamento Resist. a Ozone
NBR 25-95sh A Qualquer 100°C Regular Regular Razoável

Neopreno (CR): Possivelmente o polímero mais versátil do mercado, o neopreno, nome genérico dado ao policloropreno, é recomendado no revestimento de peças cujo trabalho exija alta resistência à ruptura e abrasão, boa performance no trato com ácidos difluídos, ou que também sofram variações de temperaturas (-40°C a 100°C). Resiste bem ao contato com petróleo e a alguns derivados deste, a óleos e água.

Indicação Contra-Indicação
- Bastante ampla. - Temperaturas acima de 100°C.

Etileno Propileno (EPDM): As principais qualidades do EPDM se concentram no excelente desempenho que este polímero oferece quando as condições de trabalho exigem exposição à luz solar, ao ozônio e a variações de temperatura (intempérie), a ácidos diluídos, óleos vegetais e animais. Sua limitação está na pouca resistência que oferece ao contato com petróleo, gases e à inchação, quando submetido ao trabalho com lubrificantes.

Indicação Contra-Indicação
- Boa resistência a solventes, vernizes e tintas. - De preferência utilize-se produto de limpeza recomendado pelo seu fornecedor.
- Não utilizá-lo em aguarrás.
Propriedades

Composição Dureza Coloração Temp. Máx Resist. à Abrasão Rasgamento Resist. a Ozone
EPDM CS 25-95sh A Qualquer 130°C Boa Regular Ótima

Hypalon: Matéria-prima indicada para aplicações que necessitem excelente resistência ao ozônio e à oxidação, esta borracha também resiste muito bem ao contato com ácidos diluídos e a trabalhos levemente abrasivos.

Indicação Contra-Indicação
- Plastificação. - Não lavar o rolo com gasolina pois esta reduzirá sua vida útil,
Propriedades

Composição Dureza Coloração Temp. Máx Resist. à Abrasão Rasgamento Resist. a Ozone
Hypalon 40-90sh A Qualquer 140°C Boa Boa Boa

Viton (FPM): Elastômero muito utilizado no revestimento de cilindros nas indústrias químicas, petroquímicas e em evaporadores de usinas, entre outras, pela boa resistência que apresenta no trabalho com ácidos nitrílicos concentrados, sulfúricos concentrados, clorídricos, cítricos e pela concentração de até 85% de etílico; resiste também a altas temperaturas, óleos e graxas. Não é indicado para trabalhar no contato com metil-etil-cetona (MEC).

Indicação Contra-Indicação
- Temperaturas de processo superiores a 220°C. - Não pode ser usado com solventes do tipo MEK, acetato de etila, acetato de butila.
Propriedades

Composição Dureza Coloração Temp. Máx Resist. à Abrasão Rasgamento Resist. a Ozone
Viton 65-80sh A Preto 220°C Boa Boa Regular

Silicone (SI): Esse polímero apresenta uma particularidade: é inerte, mas não possui boas propriedades mecânicas, o que o torna inapropriado nos trabalhos que exigem contato abrasivo ou com solventes. No entanto é muito resistente para trabalhos com temperaturas baixas ou altas (+210°C). Apropria-se principalmente para revestimentos de cilindros ou para confecção de camisas para tratamento corona, para cilindros de plastificação e em artefatos que tenham contato com produtos alimentícios ou higiênicos.

Indicação Contra-Indicação
- Taplicações onde os rolos trabalharam constantemente e para altas temperaturas.
- Rolos de plastificação .
- Não utilizá-lo em situações que exijam esforços mecânicos.
Propriedades

Composição Dureza Coloração Temp. Máx Resist. à Abrasão Rasgamento Resist. a Ozone
Silicone 25-80sh A Qualquer 220°C Fraca Fraco Ótimo

Poliuretano (PU): A TRC trabalha com o PU em 3 modalidades:

1) Monothane: Resina de poliuretano, monocomponente, de cura a quente. Monothane é resistente, durável e fácil de usar.

Características:

  • resina baseada em éster
  • sem adição de plastificantes
  • sistema simples de moldagem por derramamento com cura a quente
  • sem mistura e sem pesagem
  • dureza disponível variável de A-10 a A-90
  • boa resistência a solventes

Aplicações:

  • cilindros de impressão, incrustar e transportar
  • componentes aeroespaciais
  • resistente á abrasão
  • componentes para equipamentos têxteis
  • dispositivo de fixação de partes elétricas

2) Duothane: Sistema elastoméricos de quasi-prépolimeros e prépolimeros bi componentes de alto desempenho.

Características:


Aplicações:


3) Por-a-mold: Sistema elastomérocos para moldes de cura ambiente e bi-componentes.

Características:


Aplicações:



Conheça o Processo de Fabricação a que se submete o cilindro.